Cimeira da NATO "vai saber a pouco a Zelensky": "Houve um medicamento placebo para compensar os nãos sucessivos"

Advogada e Especialista em matérias de segurança e defesa
10 jul, 09:05

Ana Miguel dos Santos admite não estar "otimista" quanto à possível adesão da Ucrânia à NATO. A especialista em assuntos de segurança e defesa diz que a adesão "significaria para muitos a entrada de todos os países aliados na Europa", pelo que vão tentando "compensar" Kiev com sucessivos anúncios de apoio.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados