Chernobyl e não só. Como o nuclear é um perigo real na Ucrânia

28 fev, 10:03

A invasão da Rússia à Ucrânia abre portas a um potencial conflito nuclear, a começar pela presença de tropas russas na cidade de Chernobyl, mas também com uma potencial escalada militar, que agudizaria a questão.

Romão Ramos, do Movimento Ibérico Antinuclear, analisou na CNN Portugal a questão, nomeadamente os relatos que davam conta de que duas centrais tinham sido atingidas, o que também consiste num problema.

Sobre Chernobyl, e de acordo com os especialistas, continua a haver radioatividade na central que foi palco do maior desastre nuclear da história, em 1986, mas há outros locais a gerar preocupação, nomeadamente a maior central nuclear da Europa, que fica perto da zona de Donbass, que é em grande parte controlada pelos russos.

Europa

Mais Europa

Patrocinados