Centrais energéticas são o principal alvo dos russos

6 nov, 09:41

Sérgio Furtado, enviado especial da CNN Portugal à Ucrânia, explica que os consecutivos ataques da Rússia a centrais de energia ucranianas começam a causar sérios danos à população, que não consegue aquecer a habitação, numa altura em que as temperaturas começam a baixar de forma considerável.

Dos vários ataques que têm sido levados a cabo pelas tropas russas, destaca-se um que fez, nas últimas horas, cair mísseis perto da central hidroelétrica de Zaporizhzhia, confirmando que os alvos estão a ser as centrais de energia.

Como os ataques têm sido repetidos a estruturas energéticas, estas estão a ficar amplamente debilitadas, o que dificulta o abastecimento de energia elétrica, sendo que o gás está a faltar em alguns locais, conta o correspondente, que se encontra agora em Dnipro.

Europa

Mais Europa

Patrocinados