"CDS não existe para tirar espaço ao Chega. Não negociamos valores fundacionais da democracia"

23 jan, 18:02

Francisco Rodrigues dos Santos recusa-se a assinar um acordo escrito para viabilizar um Governo de direita que envolva o Chega. O líder do CDS insiste que não negociará valores que fundaram a democracia portuguesa. 

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados