CDS garante que legislatura foi “interrompida por vontade do primeiro-ministro e do PS”

6 dez 2021, 10:04

Marcelo Rebelo de Sousa dissolveu a Assembleia da República e convocou eleições legislativas para dia 30 de janeiro.

Entrevistado pela CNN Portugal, Telmo Correia, líder parlamentar do CDS-PP, considera que esta “foi uma legislatura incompleta e estranha”, que culminou com uma "encenação foi dirigida e conduzida por António Costa”.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados