Catargate: “Esta 'bomba' mostra que há fragilidades grandes dentro do parlamento europeu, dentro das instituições europeias”

17 dez 2022, 19:14

Jorge Botelho Moniz, diretor de Estudos Europeus da Universidade Lusófona não considera que o caso de corrupção que envolve Eva Kaili “seja um dano irreversível”, mas defende “que é o maior escândalo de corrupção que aconteceu nas instituições europeias desde 1999”.

“Esta bomba mostra que há fragilidades grandes dentro do parlamento europeu, dentro das instituições europeias, não se isso significa que o ponto em que estamos é irreversível, não me parece, mas é grave e tem de ser tratado”, diz, reconhecendo, porém, que “é uma situação bastante problemática para as instituições europeias”.

Mundo

Mais Mundo

Mais Vistos

Patrocinados