Castração acidental, perda de rins e compressas esquecidas. Ministério Público abre inquérito no Hospital de Faro após denúncias

11 abr 2023, 13:22

O Ministério Público confirma a abertura de um inquérito para investigar as denúncias de uma médica interna do Hospital de Faro. Diana de Carvalho Pereira acusa um cirurgião e o diretor do serviço de vários erros médicos. Desde perda de rins, compressas esquecidas no abdómen e castração acidental. Alguns deles, segundo a médica, resultaram na morte dos doentes.

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados