Caso "aulas de cidadania": MP defende alunos à guarda da escola

5 jul, 00:05

Está a provocar alguma agitação a mais recente pretensão da justiça sobre os alunos de Famalicão que foram proibidos pelos pais de frequentar as aulas de cidadania.

Depois dos jovens terem sido impedidos de passar de ano, o caso está agora no tribunal de menores.

O Ministério Público quer que os dois estudantes sejam colocados à guarda da escola porque entende que os pais põem em perigo a formação dos filhos.

País

Mais País

Patrocinados