Caos nas urgências: há cada vez mais hospitais sem serviços de urgência de ginecologia/obstetrícia em todo o país

15 jun, 20:36

Há cada vez mais serviços de urgências obstétricas a encerrar em todo o país, como é o caso do centro hospitalar Barreiro-Montijo, que anunciou esta quarta-feira que as urgências de ginecologia/obstetrícia vão estar encerradas na noite de quinta para sexta-feira. O hospital Amadora-Sintra também já entrou em contingência, ou seja, não recebe grávidas encaminhadas pelo INEM.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo admite recorrer às maternidades privadas.

País

Mais País

Patrocinados