Caos nas urgências: falta de dinheiro ou má gestão? Centeno e Medina de um lado, Costa e Temido de outro

20 jun, 22:13

Nos últimos dias, têm-se multiplicado as declarações que apontam responsabilidades à ministra da Saúde, mas até agora o primeiro-ministro diz manter a confiança em Marta Temido. Esta segunda-feira, Mário Centeno - que foi ministro das finanças - voltou a dizer que há dinheiro suficiente na Saúde e que o problema pode estar na gestão de recursos.

Economia

Mais Economia

Patrocinados