Calor raramente é causa de morte direta, diz bastonário. Aumento de mortalidade nesta vaga "não é normal"

15 jul, 12:16

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que o aumento da mortalidade no âmbito deste período de elevado calor "não é normal". Por outro lado, Miguel Guimarães explica que o calor não costuma matar diretamente, mas sim por meio de "desidratação e descompensação de doenças crónicas".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados