Cabisbaixos, exaustos e revistados. Como os resistentes da Azovstal se entregam aos russos

Jornalista TVI e TVI24
18 mai, 13:12

Os principais comandantes ucranianos das tropas que resistiam em Mariupol ainda se encontram em Azovstal.

Dos que se renderam, importa agora sabem qual o destino das centenas de combatentes.

Moscovo diz que os vai tratar como prisioneiros de guerra e respeitar as convenções internacionais.

Kiev espera trocá-los por prisioneiros russos.

Europa

Mais Europa

Patrocinados