Bolsonaro é acusado de vender joias oferecidas à presidência brasileira. Interrogado, o antigo presidente manteve-se em silêncio

9 jul, 18:15

A Polícia Federal do Brasil acredita que ex-presidente, Jair Bolsonaro, beneficiou do desvio de presentes recebidos durante visitas oficiais no estrangeiro que estão avaliados em cerca de 1,1 milhões de euros. Nelson Garrone, correspondente da CNN Portugal no Brasil, explica a situação. 

Brasil

Mais Brasil

Mais Vistos

Patrocinados