Beyoncé faz história nos Grammys: é a artista mais premiada de sempre

6 fev, 14:40

A Queen B já era a mulher mais distinguida na história dos prémios norte-americanos da música. Depois das quatro vitórias na edição deste domingo, em Los Angeles, passa a ser a nova recordista absoluta: soma 32 Grammys ao todo (mais um que o maestro Georg Solti).

Na celebração da Melhor Performance Pop em Duo ou Grupo, a Recording Academy criou outro momento histórico: Kim Petras tornou-se na primeira mulher transgénero a ganhar o gramofone dourado graças ao tema “Unholy” que canta a meias com Sam Smith.

O Grammy mais cobiçado da noite, de Melhor Álbum do Ano, foi para Harry Styles que não escondeu a surpresa. Ainda mais inesperados, foram os prémios Gravação do Ano para Lizzo e Canção do Ano para Bonnie Rait.

Música

Mais Música

Mais Vistos

Patrocinados