Bandeiras para o funeral da rainha Isabel II estão a ser produzidas na China

17 set, 22:19

Apesar da tensão que neste momento se vive na diplomacia internacional, a China não faz parte dos países banidos da cerimónia, e vai mesmo marcar presença no funeral, com uma delegação ao mais alto nível.

Na verdade, a China vai estar presente de várias maneiras. Isto porque grande parte do merchandising está a ser produzido a toda a velocidade ali do outro lado do mundo.

Europa

Mais Europa

Patrocinados