Banda desenhada violenta e tiroteios em massa: as referências de João Carreira na preparação do atentado

Jornalista,editor de Sociedade
22 jul, 21:31

O jovem que foi detido em fevereiro pela Polícia Judiciária, momentos antes de levar a cabo um massacre na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, lia a banda desenhada japonesa "DeadTube". A história relata precisamente um momento em que um aluno pega em armas e rompe por uma escola, assassinando todos os que considera inimigos. 

João Carreira também usou como inspiração o atentado na escola primária de Sandy Hook, nos EUA, em 2012, bem como o tiroteio em Easton Township, em junho de 2018.

País

Mais País

Patrocinados