Aumento de orçamentos para a Defesa é "uma constante a que estamos a assistir desde o início do século XIX" . Mas Europa não consegue acompanhar

18 dez 2022, 21:57

O comentador Azeredo Lopes considera que “o crescimento dos orçamentos para a Defesa” em vários países, como nos EUA e no Japão, é “uma constante a que estamos a assistir desde o início do século XIX” e não uma consequência direta da guerra na Ucrânia.

No entanto, defende que a União Europeia não será capaz de acompanhar os grandes investimentos feitos, como é o caso do orçamento norte-americano para a Defesa, de “858 mil milhões de dólares”. “Colossal”, reitera.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados