Atribuição do Nobel da Paz "vem dar nova vida a milhões de cidadãos que lutam pelos direitos humanos"

7 out, 11:11

O editor de Internacional da CNN Portugal, Filipe Caetano, e as comentadoras Helena Ferro Gouveia e Sónia Sénica analisaram a atribuição do Prémio Nobel da Paz de 2022 ao ativista bielorrusso Ales Bialiatski e a duas organizações de defesa dos direitos humanos, uma ucraniana e outra russa.

Europa

Mais Europa

Patrocinados