"Ataques de Moscovo têm sido mais frequentes e particularmente mais intensos"

30 set, 15:29

Depois do ataque que matou 23 pessoas em Zaporizhzhia é caso para dizer que os russos estão a aumentar a intensidade dos bombardeamentos, é o que contam os enviados da TVI (do mesmo grupo da CNN Portugal) à Ucrânia, Nuno Gomes Lopes e Hugo Capela.   

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados