"As memórias de Hiroshima estão a desaparecer". Autarca da cidade teme regresso ao armamento nuclear 77 anos após a bomba atómica

Correspondente em Tóquio
5 ago, 21:50

O secretário-geral das Nações Unidas chega este sábado a Hiroshima, cidade que assinala os 77 anos da bomba atómica lançada pelos Estados Unidos.

Num ambiente de guerra na Europa, e com crescente tensão na Ásia (no estreito de Taiwan), o autarca da cidade, Kazumi Matsui falou em exclusivo à CNN Portugal (do mesmo grupo da TVI) sobre o que espera deste encontro.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados