Artilharia espalhada, inscrições nas paredes e destruição total. Os vestígios da presença russa em Chernobyl

Editor de Internacional
4 mai, 23:54

Os enviados especiais Filipe Caetano e David Luz chegaram a Chernobyl, onde dão conta de bocados de artilharia por todo o lado, inscrições nas paredes e locais pelos quais será muito difícil de caminhar. "Uma destruição total", descrevem. 

Em Ivankiv, encontraram um batalhão ainda a desenterrar armamento russo revolto no meio da terra que é considerada contaminada. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados