Argentinos saem às ruas em defesa da vice-presidente acusada de corrupção

28 ago, 21:17

Cristina Kirchner, a vice-presidente da Argentina, está a ser acusada de corrupção e negócios escuros. Acusações que nega e que fizeram com que os seus apoiantes tenham enchido as ruas de Buenos Aires para demonstrar apoio.

O ministério público argentino pede 12 anos de prisão, mas a verdade é que Cristina tem imunidade política graças aos cargos que desempenha.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados