“Aquaman” de Tonga sobrevive a tsunami após nadar 27 horas

21 jan, 12:32

Lisala Folau é o nome do homem, natural de Tonga, está a ser aclamado como “Aquaman” da vida real. O apelido deve-se às cerca de 27 horas que esteve a nadar, depois de ter sido arrastado pelo mar durante o tsunami.

O homem, de 57 anos, descreve que foi lançado para baixo de água oito vezes e que conseguiu sempre vir à tona para respirar. No entanto, acabou por ser arrastado para debaixo de água, até conseguir segurar-se a um tronco que lhe permitiu manter a estabilidade.

No total, flutuou e nadou durante cerca de sete quilómetros e meio, até chegar à ilha de Tongatapu. A história acabou por se tornar num dos tópicos mais falados das redes sociais.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados