Após morte de Navalny, “há aqui uma tentativa clara de silenciamento de toda a oposição”

17 fev, 15:03

Ana Miguel dos Santos, especialista em Assuntos de Segurança e Defesa, considera que as manifestações e tentativas de homenagem a Alexei Navalny na Rússia podem “criar alguma tensão que nunca será muito sonora”, pois, explica, isto é um “estado policial, não é um estado democrático”. “Há aqui uma tentativa clara de silenciamento de toda a oposição”, defende, alertando que nunca iremos saber nem a causa nem a data efetiva da morte do opositor de Putin.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados