Apesar da destruição, há quem ainda viva em Bakhmut. Habitantes sobrevivem em caves de prédios em ruínas

Jornalista na secção de Internacional da TVI desde Novembro de 2012. Trabalhou na tvi24.pt e na editoria Newsdesk da estação desde a abertura do canal. Esteve no jornal electrónico Portugal Diário de 2006 a 2009, depois de dois anos e meio no jornal Público, onde estagiou e foi jornalista nas secções Público.pt e Desporto. Em 2008, ganhou o primeiro prémio em Videojornalismo do Observatório de Ciberjornalismo da Universidade do Porto, com o repórter de imagem Paulo Sampaio. Frequentou o curso de Teologia na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, entre 1996 e 1999. Em 2004, licenciou-se na mesma universidade em Comunicação Social e Cultural.



11 jan, 21:49

Bakhmut é um dos pontos mais disputados da linha da frente. Ainda assim, há quem continue a viver na cidade - mas também quem se arrisque a entrar para levar ajuda. 

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados