“Apenas damos um parecer”. Quem é o rabino suspeito corromper processos de atribuição de cidadania portuguesa?

12 mar, 21:40

O líder religioso da comunidade judaica do Porto está proibido de sair do país e sujeito a apresentações periódicas às autoridades.
Daniel Lit-vak foi ontem detido e é suspeito de ter sido corrompido em dezenas de processos de atribuição de cidadania portuguesa a descendentes de judeus sefarditas, nomeadamente no caso do milionário Roman Abramovich

País

Mais País

Patrocinados