“Ao longo do ano vamos sentindo essa frustração”. Porque falham as nossas resoluções de Ano Novo?

Jornalista desde 2013, debruçando-se sobre as áreas da Política, Economia e Cultura. Passou pelas redações do Negócios, RTP e Açoriano Oriental. É formado em Ciências da Comunicação e Curadoria de Arte.
1 jan, 14:03

Ano novo pode ser sinónimo de mudança. E esta é a altura por excelência para fazer resoluções. Mas fomos ouvir o outro lado: os especialistas que ajudam os portugueses a mudar de vida e que, a cada virada do ano, sentem uma maior procura. Porque, até naquilo que mais queremos, há margem para falhar.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados