Álvaro Sobrinho terá desviado milhões do BESA para imóveis e relógios de luxo

26 jul, 21:43

A acusação do ministério público contra Álvaro Sobrinho, o antigo presidente do BES Angola, revela uma vida luxuosa do antigo banqueiro.  Os investigadores acreditam que terão sido gastos neste tipo de artigos dois milhões de euros, desviados do BES Angola.

País

Mais País

Patrocinados