Alemanha admite que precisa de mais imigrantes para colmatar falta de mão de obra

12 jan, 11:01

A Alemanha admite que vai precisar de imigrantes para colmatar a falta de mão de obra que pode atrasar a recuperação económica e a transição energética.

O ministro da economia alemão, Robert Habeck, revela que há quase 400 mil postos de trabalho por preencher e que esse número pode ultrapassar um milhão, dentro de pouco tempo.

Europa

Mais Europa

Patrocinados