Advogada de Rendeiro acusa juiz de formular "opinião" para decretar a prisão preventiva

4 jan, 13:26

A defesa de João Rendeiro apresentou 42 pontos para recorrer da decisão de prisão preventiva para o ex-banqueiro.

Numa nota em que ataca o magistrado sul-africano responsável pela decisão, a advogada June Marks entende que vários pontos foram mal interpretados.

Em conversa com a CNN Portugal, a jurista afirma que o juiz fez "declarações sobre a sua própria opinião" sobre os recursos "ilimitados" de João Rendeiro ou a possibilidade de compra de um passaporte.

Para June Marks, várias afirmações do magistrado "não são válidas".

País

Mais País

Patrocinados