Acordo português com a Ucrânia "é um concentrado de vacuidades e banalidades sem medidas efetivas"

Major-general, especialista em assuntos militares
29 mai, 13:54

Portugal e a Ucrânia celebraram esta terça-feira um acordo bilateral em que Portugal se compromete a dar apoio financeiro, militar e humanitário à Ucrânia, num horizonte de dez anos. O major-general Carlos Branco analisa o documento

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados