"Acho que está satisfeito". Advogado de Duarte Lima confirma que o Ministério Público pediu uma medida "privativa da liberdade"

30 set, 15:37

João Barroso Neto, advogado de Duarte Lima, referiu que o seu cliente estaria "satisfeito" com as medidas de coação decretadas (Termo de Identidade e Residência, apresentação semanal às autoridades, entrega do passaporte e probição de viajar ao estrangeiro), dado que o Ministério Público pediu uma medida "privativa da liberdade".

Barroso Neto rejeitou ainda contestar os eventos desta quinta-feira, em que Duarte Lima foi detido pouco depois de ter sido libertado de forma condicional.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados