“A vida humana não é o interesse central do comando russo”

18 nov, 10:03

Diana Soller lembra que, “ao longo da História, os russos têm usado o frio como arma de guerra” e, na Ucrânia, muita gente pode morrer de frio e fome nos próximos meses. A comentadora lembra ainda que, “até à Guerra Fria, a Rússia foi sempre muito inferior tecnologicamente aos restantes exércitos europeus e colmatou sempre essa falha tecnológica com um número extraordinário de efetivos no terreno e isso sempre trouxe muitos mortos”. “Esta é a tradição russa”

“A vida humana não é o interesse central do comando russo”, Diana Soller.

Mundo

Mais Mundo

Mais Vistos

Patrocinados