"A Rússia teve de procurar outros parceiros, esta é uma das consequências das sanções impostas pelo Ocidente"

19 jun, 22:25

Jorge Tavares da Silva, especialista em relações internacionais, considera que o acordo entre a Rússia e a Coreia do Norte é "uma novidade do ponto de vista politico-diplomático". "As relações entre estes dois países eram muito frias, é preciso não esquecer que a Rússia sancionou fortemente o programa nuclear da Coreia do Norte há alguns anos", recorda. "Ainda em 2019 a Rússia estava virada para o contexto da diplomacia internacional, hoje está mais condicionada, também por causa das sanções que o Ocidente impôs à Rússia, a Rússia teve de procurar outros parceiros", explica. O acordo agora assinado prevê que Rússia e Coreia do Norte possam ajudar-se mutuamente a nível militar: "Isto é um outro patamar", considera o especialista.

Ásia

Mais Ásia

Mais Vistos

Patrocinados