"A minha gata estava lá dentro. É só isso que me preocupa agora". Os relatos dos sobreviventes do bombardeamento em Kramatorsk

Jornalista da Editoria de Internacional
2 fev 2023, 14:30

A Ucrânia acredita que a Rússia está a preparar uma grande ofensiva nas próximas semanas e que tem meio milhão de soldados para a executar.
A pressão russa na frente de Donetsk é muito intensa.  Na noite ontem, um míssil destruiu um prédio de apartamentos em Kramatorsk.
Pelo menos três pessoas morreram e vinte ficaram feridas.
 

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados