"A cambalear e com um forte odor a álcool": padre acusado de crimes sexuais apresenta-se na GNR com taxa de álcool superior a 2,4

14 jan, 21:20

O padre de Viseu que está acusado de aliciar sexualmente um jovem de 14 anos, e que vai começar a ser julgado no próximo mês, deslocou-se à GNR de carro com uma taxa de álcool no sangue superior a 2,4.

Tudo aconteceu durante uma das apresentações periódicas a que o pároco está sujeito por causa do processo judicial que enfrenta.

Apesar de Luís Miguel Costa estar suspenso de todas as funções na Igreja, desculpou-se com o cálice da Eucaristia.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados