“A andar! Vão-se embora”: jornalistas da TVI atacados por fiéis ao confrontar padre no ativo suspeito de abusos

Jornalista TVI e TVI24
13 mar, 22:38

Os alegados abusos sexuais do padre Abel Maia no antigo seminário dos Montes Claros remontam a meados dos anos 90.

Bem antes dos primeiros crimes encobertos, que a TVI denunciou em outubro, e que ocorreram em Paredes, em 2003, o bispo José Ornelas decidiu enviar Abel Maia para um retiro espiritual em Roma.

Este novo caso demonstra um padrão de comportamento de José Ornelas perante os abusos a menores alegadamente cometidos por Abel Maia durante décadas.

Em vez de afastar o padre da sua congregação, o bispo José Ornelas protegeu-o sempre, mudando-o de localidade.

O Exclusivo ouviu testemunhas que dão a cara e garantem que o presidente dos bispos mente, e pedem o seu afastamento imediato.

Pq é que se anda atrás de uma pessoa tão boa que faz tanto bem porque alguém é invejoso?

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados