Agora pode viver num cruzeiro por menos de 30.000 euros por ano

CNN , Julia Buckley
12 mar 2023, 09:00
Viver durante três anos num cruzeiro. Foto: Life at Sea Cruises

Alguma vez sonhou em desistir de tudo, deixar tudo para trás e fazer-se à estrada para escapar a todas as suas responsabilidades?

Soa bem, não soa? Mas também soa caro. Ou pelo menos, parecia caro até agora - porque agora uma companhia de cruzeiros está a lançar um programa de três anos, 130 mil milhas (209 mil quilómetros), fuja-à-rotina, por um preço relativamente acessível de 30 mil dólares (cerca de 28 mil euros) por pessoa por ano.

A Life at Sea Cruises abriu reservas para a sua viagem de três anos no MV Gemini, que parte de Istambul a 1 de Novembro.

Sim, 1 de Novembro de 2023 - por isso, tem oito meses para tratar do passaporte, vacinas e capacidade de trabalhar à distância.

A empresa promete passar por 375 portos em todo o mundo, visitando 135 países e todos os sete continentes. O navio cobrirá mais de 209 mil quilómetros ao longo dos três anos, incluindo vistas icónicas desde a estátua do Cristo Redentor no Rio de Janeiro e do Taj Mahal na Índia, até ao Chichen Itza no México, as pirâmides de Giza, Machu Picchu e a Grande Muralha da China. Até inclui visitas a 103 "ilhas tropicais". Desses 375 portos, 208 serão paragens noturnas, o que lhe dá tempo extra no destino.

Os passageiros podem trabalhar ao lado da piscina ao mesmo tempo que viajam pelo mundo. Foto: Life at Sea Cruises

A empresa é uma spin-off da Miray Cruises, que actualmente tem o MV Gemini a fazer cruzeiros pela Turquia e Grécia. A empresa tem uma história de 30 anos na indústria dos cruzeiros. O MV Gemini será revisto para a viagem.

Tem 400 cabines com espaço para até 1.074 passageiros.

E, devido à natureza da viagem, bem como aos serviços tradicionais dos navios de cruzeiro, restaurantes e entretenimento, o Gemini também será equipado com instalações de trabalho remoto. A empresa promete um centro de negócios completo com salas de reuniões, 14 escritórios, uma biblioteca de negócios e um salão, presumivelmente para as suas pausas para café a meio do turno. O acesso é gratuito.

Haverá também um hospital 24 horas por dia com visitas médicas gratuitas. A empresa também oferece a possibilidade de "benefícios fiscais adicionais ao trabalhar como residente internacional a bordo do navio".

A ideia é ter uma casa longe de casa, no meio do mar. Foto: Life at Sea Cruises

"Os profissionais precisam de conectividade, dos serviços certos e das funcionalidades para desempenharem as suas funções", diz Mikael Petterson, director-geral da Life at Sea Cruises. "Não há outro cruzeiro que ofereça este tipo de flexibilidade aos seus clientes."

As cabines vão de cerca de 12 metro quadrados para as opções no interior ("Virtual Inside") - que começam em 29.999 dólares por pessoa por ano, o que dá um total de 179.994 dólares para a viagem de três anos para duas pessoas - até às suites com varanda, que têm o dobro do tamanho e vão até 109.999 dólares (103.283 euros por pessoa). A cabine exterior mais barata custa 36.999 dólares por pessoa.

Os passageiros devem inscrever-se durante os três anos, embora a empresa esteja a lançar um esquema onde os passageiros poderão "partilhar" uma cabine com outra pessoa, entrando e saindo do itinerário. Por exemplo, dois casais podem comprar uma cabine para toda a viagem, e depois dividir a viagem entre eles.

Os viajantes individuais recebem um desconto de 15% sobre a taxa de ocupação dupla. É necessário um adiantamento mínimo de 45.000 dólares

Há cabines interiores e cabines viradas para o exterior, com varanda. Foto:  Life at Sea Cruises

Para além do centro de negócios, haverá muito para o manter ocupado: um solário e piscina, centro de bem-estar, auditório e "múltiplas opções de refeições", embora os detalhes completos ainda não tenham sido revelados. Instrutores a bordo estarão à disposição para ensinar dança e música, e haverá até encontros de solteiros para aqueles que viajam sozinhos. Quer estar em forma primeiro? Haverá também um ginásio e um salão a bordo.

Os pontos altos incluem o Natal no Brasil e o Ano Novo na Argentina. O navio irá percorrer toda a América do Sul (saltitando para sul até à Antártida), saltar de ilha em ilha em redor das Caraíbas e apanhar ambas as costas da América Central, depois subir a costa oeste da América do Norte, atravessando para o Havai.

As paragens na Ásia incluem o Japão (12 paragens), Coreia do Sul (incluindo a ilha de Jeju) e China. Também abrange a maioria dos destinos clássicos do Sudeste Asiático, desde Bali, Da Nang no Vietname e a costa cambojana até à capital da Tailândia, Banguecoque, Singapura e Kuala Lumpur.

As suites têm o tamanho de um pequeno apartamento. Foto: Life at Sea Cruises

Percorrerá a Austrália, Nova Zelândia e irá passar por várias ilhas atravessando o Pacífico Sul; viajará pela Índia e Sri Lanka; depois visitará as Maldivas e Seychelles antes de atravessar para Oeste, chegando ao continente africano em Zanzibar e depois descendo até à Cidade do Cabo e subindo a costa Oeste de África - com mergulhos rápidos em ilhas como as de Santa Helena, Canárias e Madeira.

Também vai navegar à volta do Mediterrâneo e do Norte da Europa.

Apenas uma palavra de aviso: seria necessário não apenas um navio de cruzeiro mas uma máquina do tempo para visitar algumas das paragens listadas na sua lista das "13 maravilhas do mundo", que inclui lugares como o Farol de Alexandria, o Colosso de Rodes, o Templo de Ártemis em Éfeso e a estátua de Zeus em Olímpia - todas elas destruídas na antiguidade.

No entanto, o cruzeiro também inclui wi-fi gratuito de alta velocidade, o que deve compensar qualquer desilusão. Os passageiros poderão também ter a bordo familiares e amigos para visitar, de graça. A longa lista do que está incluído na viagem inclui também álcool ao jantar mais refrigerantes, sumo, chá e café durante todo o dia, lavandaria, taxas portuárias e limpeza da casa. Todas as refeições estão também incluídas.

Viagens

Mais Viagens

Na SELFIE

Mais Lidas

Patrocinados