Viagens aéreas prometem ser caóticas este verão. Saiba como aumentar as hipóteses de chegar ao seu destino

CNN , Marnie Hunter
3 jul, 16:00
As viagens aéreas de verão começam de forma caótica. Eis como aumentar as hipóteses de chegar ao seu destino

A última coisa de que qualquer viajante precisa depois dos últimos dois anos é de mais caos e confusão.

Infelizmente, muitos viajantes aéreos este verão poderão ter uma viagem acidentada.

A United Airlines tornou-se recentemente a mais recente transportadora norte-americana a cortar alguns voos de verão.

Num esforço para "minimizar atrasos excessivos e melhorar o desempenho nos horários" no seu espaço no Newark Liberty International Airport, em Nova Jérsia, a transportadora está a cortar cerca de 50 voos diários a partir de Newark.

A Delta Air Lines, a JetBlue e a Alaska Airlines também cortaram os seus horários de verão.

"É uma decisão sensata que as companhias aéreas façam cortes”, diz Kathleen Bangs, antiga piloto da companhia aérea e porta-voz do site de rastreio de voos FlightAware.

Ela mencionou muitos fatores que causam um aumento do número de atrasos e cancelamentos -- entre eles a escassez de pilotos e controladores de tráfego aéreo e a escassez geral de pessoal das companhias aéreas.

E está a acontecer em todo o mundo. Os funcionários da Ryanair nos aeroportos de toda a Europa iniciaram um fim de semana de greve na sexta-feira e os trabalhadores da British Airways votaram a favor de uma greve devido a preocupações salariais. Se a British Airways avançar, a mudança poderá causar mais problemas aos viajantes neste verão.

Para o viajante aéreo do verão de 2022, tudo isto significa mais planeamento estratégico. Eis algumas dicas para aumentar as suas hipóteses de chegar aonde quer ir neste verão.

Vá cedo, com mais antecedência

Voe cedo. Apanhar um voo que parte no início do dia ajuda a evitar o efeito em cascata de atrasos e cancelamentos, diz Bangs. Também é mais provável que o mau tempo afete voos posteriores.

E reserve muito tempo para o aeroporto.  Bangs tinha uma partida às 7 da manhã da semana passada do aeroporto Houston Intercontinental, que a fez sair do hotel às 4h30 da manhã.

"E fiquei algo surpreendida por, mesmo àquela hora da madrugada, as duas horas entre a chegada ao aeroporto e a partida quase não terem sido suficientes", disse Bangs num e-mail.

A típica antecedência recomendada de duas horas para voos domésticos pode não ser suficiente neste momento. "Três horas podem ser mais realistas nos grandes aeroportos."

Opte por um serviço sem escalas e frequente.  Escolher um voo sem escalas oferecido várias vezes por dia nas principais transportadoras aumenta as suas probabilidades de voltar a ter reserva para o mesmo itinerário em tempo oportuno, disse Willis Orlando, especialista em operações de produtos seniores no site de ofertas de tarifas aéreas Scott's Cheap Flights.

Se tiver ligações, vá com mais antecedência. Reserve com duas horas no mínimo entre os voos de ligação, aconselha Bangs. Ligações apertadas podem deixá-lo encalhado.

Reserve tempo extra para eventos que não pode perder. Não viaje no dia de um evento importante como um casamento. Planeie chegar pelo menos um dia antes.

Faça as malas estrategicamente e faça um plano de recurso

Utilize uma bagagem de mão para o essencial. Arrume tudo o que precisar para um ou dois dias na sua bagagem de mão. Não verifique medicamentos prescritos ou outros bens essenciais.

Ou considere viajar apenas com bagagem de mão. Uma mala com rodas mais uma "bolsa pessoal", que Bangs salienta pode ser muito maior do que uma bolsa típica, pode muitas vezes ser suficiente mesmo em viagens mais longas.

"Senhoras, não usem uma bolsa como segunda bagagem. Comprem uma bolsa grande como segunda bagagem de mão onde a bolsa habitual caiba", aconselha Bangs.

Para estar realmente seguro, reserve um voo de reserva.  Bangs frequentemente reserva um segundo bilhete reembolsável ou reutilizável.

"As probabilidades de duas transportadoras diferentes, com algumas horas de diferença, serem canceladas são bastante escassas", observou Bangs, a menos que haja um evento meteorológico generalizado.

Ou considere outros transportes de apoio. "Ter um carro de aluguer de recurso é uma boa ideia para voos mais curtos", disse Bangs. "A maioria das empresas de aluguer não cobra se cancelar."

Pense em conduzir. "Considere conduzir uma parte da sua viagem e voltar para casa de avião, se for viajar para um grande evento. Em alguns casos, é mais barato do que o custo da viagem de ida e volta ", disse Lousson Smith, especialista em operações de produtos da Scott's Cheap Flights.

"Se o destino for dentro de 7 horas, pode valer a pena conduzir um carro."

Ponha as suas ferramentas de viagem em ordem

Verifique o site do aeroporto de partida e o feed do Twitter.  Muitas vezes partilham informações úteis sobre projetos em evolução com impacto em operações e longas filas de segurança.

Consulte o site da sua companhia aérea para obter isenções de viagem.  Às vezes, pode facilmente alterar o seu voo quando são prováveis atrasos e cancelamentos, disse Bangs. Exemplo disso, a Delta emitiu uma renúncia antes do fim de semana do Memorial Day por causa das previsões meteorológicas inclementes.

Verifique a cobertura de viagem do seu cartão de crédito. Os portadores de cartões premium têm muitas vezes um seguro que pode cobrir despesas como refeições e alojamento em caso de atraso ou cancelamento.

Certifique-se de que tem aplicações de companhias aéreas. É provável que consiga remarcar mais rapidamente e terá acesso a lugares que provavelmente estariam a ser preenchidos enquanto esperava por telefone.

Se tiver de remarcar, faça a sua pesquisa e esteja atento

Faça a sua pesquisa e trabalhe com agentes das companhias aéreas. Se tiver uma preferência de transportadora ou uma rota que prefira, diga isso mesmo.

"Trabalhe com eles para ver se podem colocá-lo numa transportadora diferente ou encaminhá-lo por uma cidade diferente daquela que oferecem", aconselha Bangs.

Recentemente, ela foi reencaminhada através de Phoenix em vez de Salt Lake City a seu pedido porque preferia estar numa companhia aérea principal em vez de ser numa transportadora regional e sentiu que teria mais opções a partir de Phoenix se ficasse retida lá.

Peça um voucher de hotel ou um crédito frequente de milhas de passageiro. Se não pode entrar num voo no mesmo dia, vale a pena pedir refeições e/ou vouchers de hotel. Em muitos casos, como eventos climáticos, as companhias aéreas não são obrigadas a fornecê-los, mas vale a pena perguntar.

Bangs negociou um crédito de milhas recentemente e já o usou para reservar um voo este outono.

Mantenha-se atencioso.  Não descarregue a sua frustração nos funcionários do serviço ao cliente. Não são eles quem toma as decisões de operações.

Para este relatório contribuíram a Samantha Tapfumaneyi, Livvy Doherty e Gregory Wallace da CNN.

Imagem de topo: Pessoas circulam no terminal no Aeroporto John F. Kennedy no início do fim de semana do Memorial Day, a 27 de maio de 2022, em Nova Iorque. (Spencer Platt/Getty Images)

Viagens

Mais Viagens

Na SELFIE

Patrocinados