Três mortos e 36 detidos em operação policial na Venezuela

Agência Lusa , NM
20 mai, 00:34
Venezuela FAES

Autoridades tinham como objetivo capturar “El Koki”, “Vampi” e “Garbis” suspeitos de atacar uma esquadra da Polícia Nacional Bolivariana

Três pessoas morreram, esta quinta-feira, em confrontos entre as forças de segurança e grupos criminosos, na Cota 905, La Vega e El Valle, a sul e oeste de Caracas.

As rádios locais dão conta de que pelo menos 36 pessoas foram detidas e que diferentes organismos realizaram uma operação policial com o propósito de dar com o paradeiro de três perigosos criminosos conhecidos como “El Koki”, “Vampi” e “Garbis”.

Residentes na Cota 905, La Vega e El Valle explicaram aos jornalistas que no sábado 14 de maio os procurados atacaram uma esquadra da Polícia Nacional Bolivariana (PNB), na Cota 905 e que desde então a polícia tem marcado presença “de forma intensa”, naqueles bairros.

Segundo fontes policiais “El Koki”, “Vampi” e “Garbis”, fizeram parte de um grupo criminoso que em julho de 2021 tomar os acessos às localidades de El Paraíso, Santa Rosalia e El Cementério (todas a oeste de Caracas), e dispararam contra a autoestrada norte-sul, deixando dezenas de motoristas imobilizados, com as suas viaturas, dentro dos túneis de El Cementério.

Desde finais de abril de 2021 que as autoridades venezuelanas tentam desarticular os grupos criminosos liderados por “El Vampi”, “Garbis”, “Koki” e “Loco Leo”, que durante várias semanas tomaram o controlo de vários bairros, entre eles La Vega e o setor conhecido como Cota 905.

Em 2021 as autoridades ofereceram 500 mil dólares (472.425 euros) de recompensa por informações que levem à detenção dos cabecilhas do grupo criminoso “Koki”.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados