Um dos locais mais quentes do mundo está a ser atingido por cheias recorde: "Um acontecimento em mil anos"

10 ago, 23:51

No Vale da Morte choveu o equivalente a cerca de 75% do total médio anual

É descrito como um evento único, que ocorre uma vez em cada mil anos: o Vale da Morte, na Califórnia, foi atingido por chuvas recorde, que espalharam detritos pelas estradas, danificaram infraestruturas e arrastaram carros.

Em apenas três horas choveu o equivalente a cerca de 75% do total médio anual. Isto numa bacia do deserto, classificada como um dos locais mais secos da América do Norte e um dos mais quentes do mundo.

Várias pessoas ficaram presas dentro do parque natural, tendo saído com ajuda dos funcionários. Apesar disso, nenhum ferido foi relatado durante as buscas aéreas, que continuam a ser realizadas, confirmou o Serviço Nacional de Parques. As estradas continuam cortadas. 

É um evento com uma probabilidade de 0,1%, descrito por Daniel Berc, meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia de Las Vegas, citado pelo The Guardian, como "um evento em mil anos”.

Mike Reynolds, superintendente do parque, afirmou que a totalidade da destruição ainda está a ser avaliada pelas autoridades.

São eventos considerados raros, mas que estão a ocorrer com cada vez mais regularidade. No início do mês, o Kentucky foi atingido por fortes cheias que vitimaram, pelo menos, 37 pessoas.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados