DGS prepara luz verde para recomendar terceira dose a menores 50 anos

21 dez 2021, 16:06
Nuvaxovid, vacina da Novavax
Nuvaxovid, vacina da Novavax

Comissão Técnica da Vacinação reúne-se esta quinta-feira e deve dar parecer positivo

PUB

A terceira dose contra a covid-19 deve ser recomendada em breve para os menores de 50 anos. A Direção-Geral da Saúde (DGS) aguarda o parecer da comissão técnica de vacinação contra a covid-19, que se reúne esta quinta-feira para debater este e outros assuntos.

Segundo adianta à CNN Portugal fonte oficial da DGS, depois da avaliação daquela comissão vai ser então atualizada a norma 002/2021 sobre a campanha de vacinação contra a covid -19. Até agora nessa norma é recomendada a administração da dose de reforço apenas para as pessoas com 50 anos ou mais.

PUB

No entanto, o autoagendamento para esta dose de reforço só está ainda a ser possível para os maiores de 60 anos. Só depois, segundo a DGS, vai ser anunciada a abertura deste processo para a faixa etária dos 50 aos 59.

Mais tarde chegará a vez dos menores de 40.

Apesar de os especialistas alertarem para a necessidade de se acelerar o processo de vacinação, nomeadamente em relação à dose de reforço por causa da variante Ómicron, a imunização ainda pode demorar. Os centros de vacinação vão, aliás, estar encerrados durante alguns dias nesta época de Natal. Assim, para permitir o "descanso dos profissionais que se encontram neste processo há um ano sem pausas", os centros vão encerrar  nos dias 23 a 26 de dezembro e entre os dias 30 a 2 de janeiro, 

PUB
PUB
PUB

Em janeiro é retomada a vacinação das crianças durante o fim de semana.

 

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados