As urgências de ginecologia e obstetrícia que vão estar abertas ou fechadas no Natal

22 dez 2022, 08:43

A Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde informa que na próxima semana vai ser publicada a organização das maternidades para o o fim de semana de Ano Novo

O plano de reorganização do serviço de urgências para o Natal e Ano Novo já foi divulgado. Em Lisboa e Vale do Tejo, região onde vão ser registados mais constrangimentos, a Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS) quer partilha de recursos entre os hospitais e fechos alternados, de forma a garantir pelo menos um bloco de partos na sua área de influência.

"O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, E.P.E., o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central E.P.E., o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E.P.E., o Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, E.P.E., o Hospital Beatriz Ângelo, E.P.E., e o Hospital de Vila Franca de Xira, E.P.E., cooperam e partilham recursos no sentido de garantir o acesso aos Serviços de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia e aos Serviços/Unidades de Neonatologia na área de influência dessas unidades hospitalares, em todas as circunstâncias, nomeadamente durante as épocas festivas do Natal e do Ano Novo de 2022", lê-se na nota. 

Durante o fim de semana do Natal, as urgências de ginecologia e obstetrícia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central e do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, vão funcionar de forma normal de 23 a 26 de dezembro.

As urgências de ginecologia e obstetrícia do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental e do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (Amadora-Sintra) assumem o nível 1 do Plano de Contingência definido pela Comissão de Acompanhamento da Resposta em Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos, entre as 20:00 do dia 23 e as 08:00 do dia 26 de dezembro.

Já o serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia do Hospital de Vila Franca de Xira assume o nível 1 do Plano de Contingência entre as 08:00 e as 20:00 do dia 23 de dezembro e o nível 3 entre as 20:00 do dia 23 e as 08:00 do dia 26 de dezembro de 2022.

No que diz respeito ao fim de semana da passagem de ano, as urgências de ginecologia e obstetrícia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca e do Hospital de Vila Franca de Xira vão funcionar de forma normal de 30 de dezembro de 2022 a 2 de janeiro de 2023.

Enquanto que o Hospital Beatriz Ângelo assume o nível 1 do Plano de Contingência entre as 08:00 e as 20:00 do dia 30 de dezembro de 2022, e o nível 3 entre as 20:00 do dia 30 de dezembro de 2022 e as 8:00 do dia 2 de janeiro de 2023.

Norte e Algarve são as únicas regiões com todas as maternidades em pleno no Natal

Dos 38 blocos de partos do país, são nove os que vão funcionar com constrangimentos durante o período natalício. As regiões Norte e Algarve são as únicas que vão ter as maternidades a funcionar de forma ininterrupta. A lista foi divulgada esta quinta-feira no portal do SNS

Região Norte – todos os 13 blocos de parto irão funcionar de forma ininterrupta de 23 e 25 de dezembro

  1. ULS Nordeste – Bragança
  2. CHTMAD – Vila Real
  3. ULS Alto Minho – Viana Castelo
  4. Hospital de Braga – Braga
  5. Hospital Nossa Senhora da Oliveira – Guimarães
  6. CH Médio Ave – Vila Nova de Famalicão
  7. CHPV/VC – Póvoa de Varzim
  8. ULS Matosinhos – Matosinhos
  9. CHTS – Penafiel
  10. CHU São João – Porto
  11. CHUP – Porto
  12. CHVNG/E – Vila Nova de Gaia
  13. CHEDV – Santa Maria da Feira

Região Centro – os seis blocos de parto irão funcionar de forma ininterrupta, exceto na Guarda

  1. CHBV – Aveiro
  2. CHUC – Coimbra
  3. CHTV – Viseu
  4. CH Leiria – Leiria
  5. ULS Guarda – Guarda (encerra entre as as 19:00 do dia 24 de dezembro e as 09:00 do dia 25 de dezembro)
  6. ULS Castelo Branco – Castelo Branco
  7. CHUCB – Cova da Beira

Região de Lisboa e Vale do Tejo

  1. Centro Hospitalar do Oeste - o bloco das Caldas da Rainha encerra entre 08:00 de dia 23 às 08:00 de dia 26;

    Centro Hospitalar do Médio Tejo - bloco de partos de Abrantes encerra entre as 08:00 de dia 24 às 08:00 de 25;

    Hospital Distrital de Santarém - bloco de partos vai estar fechado entre 08:00 do dia do dia 25 até às 08:00 de dia 26;

  2. O Centro Hospitalar Barreiro-Montijo, o Hospital Garcia de Horta e o Centro Hospitalar de Setúbal cooperam e partilham recursos no sentido de garantir o acesso pelo menos a dois Serviços de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia. O que está previsto é que encerre o serviço no Hospital São Bernardo das 08:00 de dia 23 até às 08:00 de dia 26; 
     
  3. O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, o Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, o Hospital Beatriz Ângelo, o Hospital de Vila Franca de Xira e o Hospital de Cascais também vão cooperar e partilhar recursos no sentido de garantir o acesso pelo menos a quatro Serviços de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia e aos Serviços/Unidades de Neonatologia. Isto é o que está previsto:
  • Maternidade de Vila Franca de Xira encerra entre as 08:00 de dia 23 e as 08:00 de dia 26;
  • Blocos de parto dos hospitais São Francisco Xavier e Professor Doutor Fernando Fonseca, entre as 20:00 de dia 23 e as 08:00 de dia 26.

Região do Alentejo – dois blocos de parto a funcionar de forma ininterrupta, apenas Beja terá constrangimentos

  1. HES – Évora
  2. ULS Norte Alentejano – Portalegre
  3. ULS Baixo Alentejo – Beja (encerra entre as 08:00 do dia 25 de dezembro e as 08:00 do dia 26 de dezembro)

Região do Algarve – os dois blocos de parto a funcionar de forma ininterrupta

  1. CHUA – Faro
  2. CHUA – Portimão

A Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde informa que na próxima semana vai ser publicada a organização das maternidades para o fim de semana de Ano Novo e reitera a importância de, antes do recurso a unidades de saúde, os utentes contactarem previamente o SNS 24 (808 24 24 24) e, em situações de emergência, o 112.

Pode ainda consultar aqui o horário de funcionamento dos Serviços de Urgência Obstétrica/Ginecológica e Blocos de Partos, através da pesquisa por distrito.

A mesma nota indica ainda que no dia 24 estarão abertos 221 centros de saúde (horários podem ser consultados no portal do SNS) e no dia de Natal estarão abertos 180.

(Nota: No nível 1, não são admitidas novas parturientes, estando por isso o bloco de partos encerrado para o exterior, mas mantém apoio a parturientes já internadas, cesarianas eletivas e induções do trabalho de parto, bem como episódios de urgência de ginecologia; No nível 3, o bloco de partos e o serviço de urgência de ginecologia/obstetrícia estão encerrados, apenas se mantendo o apoio aos internamentos e apoio de emergência ao serviço de urgência geral. Nestes casos, tal como definido pela Comissão de Acompanhamento da Resposta em Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos, será apenas necessária a presença física de um médico especialista em ginecologia/obstetrícia, garantida a disponibilidade em presença física de um especialista de cirurgia para situações de emergência.)

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados