"Momento histórico". União Europeia abre negociações para adesão de Albânia e Macedónia do Norte

19 jul, 08:23
Negociações de adesão da Albânia e Macedónia do Norte à UE (Twitter)

Ursula von der Leyen garante que a Comissão Europeia vai apoiar sempre estes países

 A presidente da Comissão Europeia anunciou esta terça-feira a abertura de negociações para a adesão de Albânia e Macedónia do Norte à União Europeia. A partir do Twitter Ursula von der Leyen apelidou este de um "momento histórico".

Ao lado da representante europeia esteve o primeiro-ministro da República Checa, país que atualmente tem a presidência rotativa do Conselho da União Europeia.

Numa mensagem para os representantes da Albânia e Macedónia do Norte, Ursula von der Leyen garantiu que este processo será rápido: "A Comissão Europeia apoiou-vos ao longo de todo o caminho e vai continuar a fazê-lo".

"Mostraram a vossa paciência, visão e liderança. Provaram os vossos valores europeus, como parceiros amigos e fiáveis", disse ainda a responsável.

"As pessoas da Albânia e da Macedónia do Norte merecem-no", concluiu.

Caso se venha a confirmar a adesão destes dois países a União Europeia poderá passar para 29 Estados-membros, estando ainda em curso uma eventual adesão da Ucrânia à organização.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados