Comissão Europeia pede à UEFA um futebol baseado nos «méritos desportivos»

11 mai, 13:05
Aleksander Ceferin (AP Photo/Manu Fernandez)

O formato da Liga dos Campeões será diferente a partir de 2024/25

A Comissão Europeia pediu esta quarta-feira à UEFA, no congresso do organismo em Viena, que o mérito desportivo prevaleça perante as ideias que procuram apenas «o benefício de uma elite», numa alegada crítica à Superliga de futebol.

«O futebol europeu deve continuar aberto, deve basear-se no mérito desportivo e servir os interesses de toda a sociedade, e não apenas o benefício de uma elite», declarou numa mensagem gravada o vice-presidente da Comissão, Margaritis Schinas.

Na passada terça-feira, a UEFA aprovou o alargamento da Liga dos Campeões de 32 para 36 equipas a partir da época 2024/25, com um novo modelo de competição sem fase de grupos, passando para uma liga única com oito jogos.

Para a Comissão Europeia, a reforma da Liga dos Campeões, cujo novo formato entrará em vigor a partir de 2024/25, resulta de um «processo inclusivo de consultas», num modelo que passará a ter 36 equipas participantes.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados