"Fui criticado por ter chamado a Putin ‘criminoso de guerra’. Bem, vocês viram o que aconteceu”: Biden

4 abr, 17:30
Joe Biden (AP Photo/Patrick Semansky)

Presidente norte-americano quer recolher informações para que se realize um julgamento por crimes de guerra a propósito do que aconteceu em Bucha

O presidente dos EUA, Joe Biden, chamou “criminoso de guerra” a Vladimir Putin, a propósito dos acontecimentos relatados pelas autoridades ucranianas em Bucha, onde centenas de civis terão sido executados pelas forças russas.

“Fui criticado por ter chamado a Putin ‘criminoso de guerra’. Bem, a verdade é que, e vocês viram o que aconteceu em Bucha, ele merece esse rótulo… ele é um criminoso de guerra”, disse aos jornalistas à chegada a Washington.

“Temos de juntar informações e continuar a fornecer armas à Ucrânia, temos de recolher todos os detalhes para ver se se pode realizar um julgamento por crimes de guerra”, completou.

O Pentágono é mais prudente. Fonte da Defesa norte-americana afirmou à Reuters que o país não consegue confirmar a veracidade da versão ucraniana do que terá ocorrido em Bucha, mas salienta que as autoridades do país não duvidam desses mesmos relatos.

"Não temos razão nenhuma para refutar as acusações ucranianas sobre estas atrocidades. O Pentágono não consegue confirmar de forma independente estas acusações mas também não está em posição de duvidar das mesmas", afirmou a fonte.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados