Elon Musk investigado pela justiça americana em relação ao processo de compra do Twitter

14 out, 00:27
Elon Musk e o Twitter (Getty Images)

Advogados da empresa que gere a rede social solicitam acesso a informações enviadas pelo multimilionário às autoridades federais

A justiça americana está a investigar o magnata Elon Musk devido à sua conduta durante o processo de compra do Twitter. A informação foi avançada pelo próprio gigante das redes sociais.

“Elon Musk está atualmente sob investigação devido à sua conduta relacionada com o processo de compra do Twitter”, pode ler-se num documento que a firma de advogados contratada pelo Twitter, a Potter Anderson Corroon LLP, entregou a um tribunal do estado do Delaware no dia 6 de outubro, citado pela Bloomberg.

Musk e o Twitter estão em litígio. Os advogados da empresa solicitam acesso à informação enviada por Musk às autoridades, nomeadamente para a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (Securities and Exchange Commission, ou SEC). Entre os documentos pedidos estão um email, datado de 13 de maio, para a SEC, bem como uma apresentação para a Comissão Federal de Comércio (Federal Trade Comission, ou FTC).

De acordo com os advogados do Twitter, estes documentos podem ser úteis para forçar Musk a prosseguir com a compra da rede social, um processo que se arrasta desde abril, e que foi reavivado na semana passada. Pelo meio, o dono da Tesla tentou suspender o negócio, alegando preocupações com o elevado número de contas falsas na rede.

Em resposta, um dos advogados de Musk, Alex Spiro, afirmou que a ação legal iniciada pelo Twitter é “mal-direcionada”.

Líderes

Mais Líderes

Patrocinados