Perturbações na ligação fluvial entre Lisboa e os concelhos do Seixal e Montijo devem-se a avarias nos navios

Agência Lusa , AM
29 dez 2022, 09:43
Transtejo

Empresa diz que está a desenvolver " todos os esforços operacionais e diligências necessárias para restabelecer, tão rápido quanto possível, a normalidade e regularidade do serviço nas suas ligações fluviais"

As perturbações de serviço registadas nas ligações fluviais do Montijo e do Seixal, nas horas de ponta da manhã e da tarde, resultam de avarias inesperadas nos navios ao serviço nas referidas ligações fluviais, segundo a empresa.

Em resposta à agência Lusa, a Transtejo explica que perante as a avarias "tem vindo a desenvolver todos os esforços operacionais e diligências necessárias para restabelecer, tão rápido quanto possível, a normalidade e regularidade do serviço nas suas ligações fluviais".

Estas alterações de serviço imprevistas, adianta a empresa, são comunicadas, logo que conhecidas, através das “Partidas em tempo real”, disponíveis na homepage do site ttsl.pt, na App TTSL (incluindo notificações personalizadas) bem como no sistema digital de informação.

As ligações fluviais entre Lisboa e os concelhos do Seixal e Montijo têm estado desde segunda-feira com constrangimentos. Esta quinta-feira o cenário repete-se no período de ponta da manhã.

Na segunda-feira, a empresa anunciou constrangimentos no período da manhã para as travessias entre Lisboa (Cais do Sodré) e os concelhos do Montijo e Seixal, no distrito de Setúbal.

Na terça-feira e quarta-feira, os constrangimentos estavam previstos também para o período de ponta da tarde

De acordo com a Transtejo, com o objetivo de minimizar o impacto de supressões e atrasos de carreiras, alguns navios iniciam viagem logo que seja alcançada a lotação máxima de passageiros embarcados, independentemente do horário previsto.

A Transtejo é responsável pela ligação do Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, ao Cais do Sodré, enquanto a Soflusa faz a travessia entre o Barreiro (distrito de Setúbal) e o Terreiro do Paço, em Lisboa.

Relacionados

Empresas

Mais Empresas

Mais Lidas

Patrocinados