Autoridades de Nova Iorque procuram carrinha que estará relacionada com o tiroteio em Brooklyn

13 abr, 08:25

Autoridades locais estão a oferecer 50 mil dólares (cerca de 46 mil euros) em recompensa por informações relacionadas com a carrinha da U-Haul

A polícia de Nova Iorque está a tentar confirmar se a carrinha que encontrou estará relacionada com o tiroteio desta terça-feira numa estação de metro de Brooklyn, e as autoridades locais estão a oferecer 50 mil dólares (cerca de 46 mil euros) em recompensa por informações relacionadas com o suspeito.

De acordo com a CNN Internacional, o suspeito, que já foi identificado pela polícia, terá alugado, no passado dia 11 de abril, uma carrinha da empresa U-Haul, em Filadélfia, cidade onde reside, de acordo com as autoridades. Em conferência de imprensa esta terça-feira à noite, o chefe do Departamento da Polícia de Nova Iorque, James Essiq, adiantou que as chaves da carrinha "foram encontradas na estação de metro entre os pertences deixados pelo atirador".

Os registos do aluguer a que a CNN Internacional teve acesso mostram que o homem alugou a carrinha com uma licença do estado norte-americano de Wisconsin e o endereço da empresa Milwaukee, que fabrica e comercializa ferramentas elétricas. A CNN Internacional sabe ainda que a reserva daquela carrinha da U-Haul foi feita no passado dia 6 de abril e estava programada para ser levantada cerca das 14:00 de dia 11, segunda-feira. O contrato mostra que a caravana seria alugada por dois dias.

Na noite desta terça-feira, um oficial das Forças Armadas, sob condição de anonimato, adiantou à Associated Press que as autoridades encontraram uma carrinha semelhante à que procuravam, desocupada. 

Carrinha da U-Haul que estará relacionada com o tiroteio desta terça-feira em Nova Iorque (John Minchillo/AP)

A polícia de Nova Iorque foi chamada, na manhã desta terça-feira, para uma estação de metro em Brooklyn, cerca das 08:30 (13:30 em Lisboa), em plena hora de ponta, devido a um alerta de fumo no interior de uma carruagem de metro. Um homem, que usava uma máscara de gás, tirou uma lata da mala que tinha atrás das costas e abriu-a no interior da carruagem, começando depois a disparar indiscriminadamente sobre várias pessoas.

Na terça-feira à noite, a polícia de Nova Iorque identificou o suspeito dos crimes. Trata-se de Frank James, de 62 anos, que terá utilizado um revólver de nove milímetros, entretanto apreendido, e disparado 33 vezes. Das vítimas que estão hospitalizadas, nenhuma "corre perigo de vida", garantem as autoridades.

O homem continua em fuga e os motivos do tiroteio ainda não são conhecidos. A polícia de Nova Iorque anunciou ainda que vai ser dada uma recompensa de 50.000 mil dólares (cerca de 46 mil euros) a quem tiver mais informações sobre o suspeito e as fornecer às autoridades.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados