Covid-19: testes comparticipados nas farmácias só a partir desta quarta-feira

Agência Lusa , CV
24 mai, 12:20
Covid-19: Portugal já registou mais de 194 mil reinfeções de junho de 2020

Serviços Partilhados do Ministério da Saúde ainda estão a operacionalizar a medida em termos técnicos

Os testes à covid-19 prescritos pelo Serviço Nacional de Saúde e comparticipados a 100% só devem começar a ser feitos nas farmácias a partir desta quarta-feira, pois ainda estão a decorrer acertos técnicos, segundo a Associação Nacional de Farmácias.

Segundo a presidente da Associação Nacional de Farmácias (ANF), Ema Paulino, a situação está "em vias de resolução" e para hoje estão previstas reuniões com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde para operacionalizar a medida em termos técnicos e permitir às farmácias aceder às prescrições na plataforma usada.

Neste momento, apenas era possível fazer testes prescritos e comparticipados a 100% nos laboratórios com acordo com o Serviço Nacional de Saúde, possibilidade que volta a ser alargada às farmácias comunitárias com a portaria publicada na segunda-feira.

Com a publicação da portaria, o Governo retoma a comparticipação a 100% dos testes rápidos de antigénio (TRAg), mediante prescrição e com um valor máximo em termos de comparticipação de 10 euros.

A comparticipação dos TRAg de uso profissional nas condições expressas na portaria, assinada pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, está em vigor até final de junho.

Esta medida é justificada na portaria com a incidência muito elevada da pandemia de covid-19.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados